Como calcular o preço de seus serviços

Por mais óbvio que possa parecer, mas é sempre bom lembrar que, para se estabelecer o preço de um produto, é necessário saber o custo desse produto ou serviço.

Normalmente esse valor é o resultado de um cálculo simples: Custo + Despesa + Lucro = Preço de Venda, isso é quanto o serviço irá custar.

Caso o serviço tenha um preço de venda abaixo do valor de custo e despesa, o empreendimento sofrerá prejuízo, e caso ocorra o contrário, o preço de venda do serviço seja muita acima do valor de custo e despesa, teoricamente o lucro seria maior, contudo, preços muito acima do normal do mercado costumam não ser atraentes para o público, que normalmente optam por serviços com valores mais acessíveis.

Para evitar prejuízos ou falta de clientes, é necessário se estudar da melhor forma possível as possibilidades de diferentes valores, tanto de custo, quanto de despesa, lucro e preço de venda.

 

Custos:

O valor de custo nada mais é do que o valor que será gasto antes do serviço ser prestado, ou seja, o valor pago aos possíveis fornecedores.

No caso dos salões de beleza, o custo é baseado no valor de todos os equipamentos usados, como escova, chapinha, secador, e também no espaço fixo, como aluguel do estabelecimento. Contudo, o valor de custo mais importante a ser considerado é a comissão dos profissionais.

Todos os valores de custo são importantes, mas a comissão dos profissionais é primordial e deve ser a principal preocupação de qualquer empresário. Manter os devidos pagamentos em dia evita problemas burocráticos e éticos, e garante que os profissionais exerçam suas respectivas funções de forma despreocupada.

 

Despesas:

 

O valor de despesa consiste no valor do gasto durante o processo realização do serviço, ou seja, as despesas de vendas e administrativas.

Nos salões de beleza, as despesas devem levar em consideração basicamente o valor dos impostos, que podem ser calculados.  Além também de possíveis comissões e despesas fixas proporcionais, como água e luz que são consumidas durante o processo.

 

Lucro:

O valor de lucro é o valor que retorna para a empresa que pode ser usado para investir em novas obras ou objetivos do negócio, ou para fins pessoais do empresário.

O lucro é o menor valor na soma de preço de venda, normalmente consiste em 30% do valor total de custos, ou seja, nem mesmo o valor de lucro pode ser totalmente pré-estabelecido. Seguindo essa orientação dos 30% de lucro, o serviço do seu estabelecimento não ficará barato o bastante para gerar prejuízos e nem caro o suficiente para afastar novos clientes.

 

Preço de Venda:

O preço de venda é o valor que seu estabelecimento irá cobrar dos clientes sobre seus serviços. Esse valor deve ser o resultado da soma dos valores de custo, despesas e lucro, ou seja, deve cobrir os demais valores.

O valor do preço de venda tem que ser a soma justamente pelo fato de que esse valor deve ser mais alto que os demais, dessa forma cobrindo os custos e as despesas e gerando o lucro, que é o principal objetivo.

 

Concorrência:

Com o valor do preço de venda definido, é importante fazer um comparativo com a concorrência equivalente ao seu estabelecimento e assim compreender melhor se o valor é ou não considerado adequado aos padrões aceitáveis do segmento em questão.

No caso dos salões de beleza, que mesmo com a atual tendência da segmentação, costumam oferecer serviços e produtos similares, é preciso levar em conta que nem sempre os valores do preço de venda de um salão podem ser comparados com o de outro.

É necessário levar em consideração que muitos salões possuem uma estrutura maior, uma localização mais privilegiada, possuem mais funcionários ou mesmo equipamentos mais modernos. Esses locais possuem valores de custo e despesas mais elevados, portanto, necessitam de um valor de preço de venda também mais elevado, caso contrário, não teriam lucros e acabariam sofrendo prejuízos.

A comparação com a concorrência deve ser feita especificamente com estabelecimento de mesmo nível, em localidades similares e com uma demanda de clientes compatíveis.

Caso o valor do preço de venda do seu estabelecimento esteja muito abaixo quando comparado com a concorrência, é importante rever a conta e se for necessário, e valor do preço de venda pode ser alterado e aumentado. O mesmo pode ser feito na situação contrária, quando o valor for acima da concorrência. Após uma revisão na conta, o valor pode ser muito diminuído caso seja necessário.

 

Qualidade X Preço de Venda

Existe uma estratégia pouco recomendada, mas comum em muitos segmentos empresariais. A ideia de oferecer serviços intencionalmente abaixo do nível de qualidade da concorrência, e dessa forma cobrar um preço de venda também abaixo, com a expectativa de que o preço de venda reduzido atraia mais clientes.

Apesar de aparentar ser uma estratégia válida, é muito arriscado deduzir que apenas um preço de venda abaixo irá atrair o público, pois mesmo os clientes que não possuem condições financeiras elevadas, costumam procurar serviços de qualidade, ou seja, o que atrai o público não é o preço baixo, e sim o preço compatível com a qualidade do serviço.

Portanto, cuidado com os efeitos deste tipo de estratégia!

Definir bem os valores do preço de venda requer organização, competência e noções de administração.

O uso de tecnologias, como um bom sistema de gestão, pode ajudar na administração das finanças de seu estabelecimento, assim como nas análises de gastos, custos e investimentos.

TAGS: economia | finanças | investimento | lucro | salões de beleza |

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *