O cliente e a tecnologia

Os avanços tecnológicos provocaram diversas mudanças no comportamento das empresas em geral, sobretudo quanto à forma que atendem seus clientes, e isso influenciou na evolução do contato com os mais diversos públicos e tipos de consumidores.

O que antigamente era reduzido ao contato através de telefone fixo se expandiu para os mais variados tipos de atendimento, nas mais diferentes frentes digitais. É possível inclusive realizar um pré-atendimento nas Redes Sociais como Facebook, Instagram, Twitter e Snapchat, e um atendimento um pouco mais elaborado e completo através de mensageiros instantâneos como o WhatsApp e o Telegram.

A nova tendência do atendimento

É evidente e perceptível que as empresas dos mais variados setores precisam se adaptar a esse novo modelo de trabalho, mas uma pesquisa da Embratel em 2015 mostrou ainda mais a importância de atualizar os processos de atendimento. Com o objetivo de medir o quanto o mercado corporativo utiliza a tecnologia, o estudo apontou para um alto crescimento do uso de dispositivos de transmissão de dados, no processo de comunicação com o cliente pelas pequenas, médias e grandes empresas brasileiras.

55% das 400 empresas entrevistadas disseram dar maior ênfase ao uso do WhatsApp na comunicação profissional, o que mostra a realidade de que o atendimento realmente migrou e segue em expansão na tecnologia móvel. Junto disso, o uso das redes sociais foi indicado por 80% das empresas como o principal canal de relacionamento com seu público alvo.

Essas informações mostram que para se manter competitivamente no mercado, é necessário aperfeiçoar o relacionamento digital com os clientes, e isso se torna ainda mais importante no caso de salões de beleza e serviços de estética, onde o contato humano é inevitável. O contato digital serve como um “simulador” da interação humana, e pode influenciar grandemente na forma como o cliente enxerga seu negócio.

O uso da tecnologia para aperfeiçoar o processo de atendimento ao cliente tornou-se, no século XXI, uma tendência e um caminho que não deve ser desprezado pelas empresas, de qualquer nicho que seja, que queiram se manter no mercado.

É importante também entender os porquês desse grande crescimento do uso dessas redes e da mudança de perfil dos clientes. O cliente contemporâneo tem exigências mais complexas e imediatas, que quando não atendidas podem resultar numa ruptura de comunicação com aquela marca ou serviço que não atendeu suas expectativas.

O uso massivo de redes sociais e o compartilhamento de informações e opiniões em tempo real forjou esse novo comportamento, que agora deve ser absorvido pelas empresas e convertido em soluções práticas.

Ferramentas de agendamento, atendimento ágil, facilidade de pagamento e preço competitivo são as principais exigências para tornar seu negócio de beleza atrativo para o público que se modernizou.

Opiniões negativas fazem mal online, podendo ocasionar na perda de possíveis clientes, mas não esqueça que as positivas trazem novos clientes, e é nisso que se deve focar para conquistar o mercado, principalmente regional.

TAGS: facebook | instagram | salão de beleza | snapchat | tecnologia | telegram | twitter | whatsapp |

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *