Reformas no Salão: Quando é a hora certa de mudar.

Em sua empresa ou na sua casa, sempre chegará a hora em que será necessária uma repaginada total no ambiente. Isso pode acontecer por diversos motivos, que vão da simples estética à real necessidade de modificar a estrutura, seja por razões de engenharia ou estratégicas para o negócio.

De toda forma, o ideal é que se faça um bom planejamento da obra e do que se espera dela. Se a ideia é deixar o salão mais bonito, deve-se atentar aos locais onde a mudança fará mais diferença, e pensar no conceito geral da reforma, para que o ambiente fique harmônico e acima de tudo funcional.

Apesar de parecer uma boa ideia comercialmente falando, nem sempre reformar é o ideal para o momento do salão, principalmente se o seu motivo for apenas atrair clientes. Se este for o caso, o melhor é focar sua atenção em promoções e outras ações de divulgação e gestão que possam te gerar melhores resultados do que uma reforma. Lembre-se sempre, promoções trazem dinheiro, reformas, apesar de serem um investimento, levam dinheiro embora.

Leia também: Mantendo o salão de beleza cheio o ano todo

Motivos para reformar

A razão mais forte para uma reforma deve ser a modernização dos seus serviços, de forma que possa atender seus clientes de forma mais eficaz e rápida, com maior conforto. Considerando isso tudo, é hora de avaliar quais itens do seu salão podem ser trocados por novos e quais ainda podem ser reaproveitados e reformados. Para isso, o ideal é procurar por ajuda profissional e pesquisar entre vários orçamentos, para chegar a um valor que esteja dentro da sua realidade financeira. Nada de loucuras.

A ajuda profissional também é importante na esfera legal da reforma, já que é preciso considerar em seu projeto os aspectos estruturais do imóvel, do que pode ou não ser alterado, das coisas que necessitam de uma autorização prévia das autoridades competentes. A acessibilidade também deve ser pauta dessas mudanças, para garantir acesso à todos os clientes.

Prazo e Planejamento

É notável que o planejamento é parte essencial de qualquer reforma ou obra, caso contrário todo o processo acaba levando mais tempo do que o esperado, e isso aumenta o custo do projeto e gera muita frustração. Definir o tempo limite no qual a mudança deve estar pronta é um dos primeiros passos a serem tomados. Com base nas alterações que serão feitas e no tempo hábil para isso, é possível negociar com os fornecedores de materiais e prestadores de serviços, e assim descobrir qual possui o melhor custo benefício para a execução da reforma.

Também não se deve esquecer do principal favorecido por uma reforma: o cliente. Saiba traçar corretamente o planejamento do projeto e estipular uma data de retorno às atividades que seja factível, pois se a “reinauguração” demorar mais do que o que estava planejado inicialmente, a frustração deixará de ser apenas sua, e passará a ser do consumidor também.

Planejamento Financeiro

Não se esqueça, durante o período de obras, seu negócio para de gerar lucro, mas continua dando despesas fixas (luz, telefone, água, aluguel), além, é claro, das suas próprias despesas. Sempre que for começar a planejar uma reforma, considere todos esses fatores, e una a isso uma reserva de dinheiro para urgências da própria obra. Erros de projeto não são incomuns, então é prudente guardar uma quantia para cobrir qualquer eventualidade.

Seguindo o cronograma e procurando profissionais competentes para lhe auxiliar no processo, as chances de ter uma reforma rápida e funcional aumentam muito, e isso com certeza se refletirá no sucesso do salão.

Para gerenciar os clientes que virão após isso, aposte no Sistema de Gestão Graces, com as melhores soluções para facilitar sua administração.

Veja também: 4 dicas para antes de começar a reforma do seu salão

TAGS: clientes | planejamento | planejamento financeiro | prazo | reformas | reformas no salão | Salão | salão de beleza |

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *