Como lidar com clientes difíceis e evitar calote

  • 9 de outubro de 2019
  • Blog

Clientes difíceis fazem parte de qualquer negócio, em qualquer segmento. E por “clientes difíceis”, considere aqueles com intenções deliberadas de tirar vantagem dos seus serviços, que tentam burlar regras, seja de forma direta ou de forma sutil.

Para que esse tipo de cliente não seja um problema constante em seu salão de beleza, é importante não apenas estar atento com seus comportamentos. É preciso ter em mente quais atitudes tomar para não sofrer outros problemas, às vezes, até piores.

Vejamos algumas atitudes simples que vão protegê-lo desses clientes difíceis e, sobretudo, evitar calotes.

Descubra os comportamentos dos clientes difíceis

Para quem tem um mínimo de experiência com o comércio e serviços de forma geral, sabe identificar alguns dos comportamentos comuns a clientes difíceis. Vejamos algumas dessas características, para que consigamos distinguir melhor.

  • Reclamão – Pode estar ou não com razão, mas tem uma postura ríspida ao passar seus pontos.
  • Questionador – Não é um cliente difícil por um motivo ruim. Ele busca o melhor atendimento e experiência, então faz todos os tipos de perguntas.
  • Indeciso – Não tem certeza do que procura em produtos e serviços, mas na sua vez de ser atendido, ficará travado em suas dúvidas até que consiga se decidir.
  • “Enrolador” – O mais difícil dos clientes. Enquanto as características acima estão relacionadas mais com traços de pessoas que, acima de tudo, querem ser bem recebidas, este está mais preocupado em tirar a melhor vantagem do local, porém não de uma maneira benéfica.

É quanto a esse tipo de cliente difícil que devemos prestar ainda mais atenção. Entre a simpatia e a reclamação, eles podem realizar calotes e dificultar o crescimento do salão de beleza, mais do que avaliações positivas ou negativas.

Nunca tome calote de clientes!

Existem alguns sinais, bem como algumas atitudes, que vão lhe ajudar na hora de evitar um calote. Lembre-se que, não importa o segmento ou público do seu salão de beleza, manter a compostura e a educação sempre é a norma. Entre as atitudes que podem ser tomadas na possibilidade de algo do tipo, podemos pensar no seguinte.

Arquive os processos de todos os clientes

Aqui, o auxílio de uma ferramenta de gestão pode lhe ajudar bastante. Com um histórico detalhado de cada cliente cadastrado no salão de beleza, você pode traçar padrões e detalhes que podem lhe ajudar em determinados processos. Além disso, com o histórico registrado, você tem um respaldo nas argumentações.

Sugira métodos de pagamento rastreáveis

Caso você perceba que se trata de um calote, ou uma tentativa do mesmo por parte dos clientes difíceis, sugira métodos de pagamento nos quais você pode recorrer em caso de falha. Pagamentos por crédito, ou mesmo por aplicativos, oferecem segurança para esses casos, e garantem que calotes não sejam realizados.

Mantenha a transparência e a postura aberta a negociações

Em alguns casos, os clientes difíceis o são por justamente quererem fazer o famoso “fiado”, buscando serviços os quais não pagariam no momento. Ou pedindo por um serviço, e só então depois falarem que não possuem os valores.

Para essas situações, é importante chegar a um acordo de maneira viável para ambas as partes. Nem o salão, nem o cliente, devem sair lesados, ainda que o primeiro esteja com a razão. Saber lidar bem com tais situações ajuda a melhorar ainda mais a identidade do salão de beleza.

Lidar com clientes difíceis é comum em qualquer lugar. Mas a postura adequada, sobretudo para evitar calotes, vai aumentar ainda mais a credibilidade do estabelecimento. Não deixe de explorar todas as possibilidades, e até a próxima!

TAGS: clientes dificeis | como lidar | dicas | evitar calote | negócios | público alvo | salão de beleza |

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *