Dicas para economizar eletricidade no salão de beleza

  • 29 de janeiro de 2020
  • Blog

Um dos custos mais pesados de qualquer empreendimento é a eletricidade. Os valores podem ficar muito altos, mesmo para negócios mais modestos. Contudo, tem vários processos que não podem ficar sem o uso de energia elétrica. Então como fazer para economizar eletricidade no salão de beleza?

 

Assim como a água, existem alguns meios simples de evitar o desperdício. Eles estão relacionados tanto a práticas simples no dia a de trabalho, como a conscientização de todos os funcionários. O segredo é a educação de todos dentro do ambiente profissional.

 

Dito isso, vejamos algumas dicas importantes adiante.

 

1 – Revise todos os equipamentos do salão

 

Assim como você faria em sua casa, avalie tudo o que pode estar causando o aumento de energia. Isso pode ser tanto o uso inadequado de aparelhos, como a procedência dos mesmos.

 

Por vezes, o aumento exagerado está relacionado a coisas simples que podem ser resolvidas com mais atenção, como deixar uma luz apagada, ou não se esquecer de desligar a geladeira. Quanto mais atenção, melhor.

 

2 – Eduque os profissionais

 

O ditado “educação vem de casa” é muito válido em um ambiente profissional. Inclusive, isso é essencial quando o assunto é economizar eletricidade. Se a causa das contas altas é a falta de cuidado deles com alguns processos, cabe aos gestores chamar a atenção, e mostrar o porquê.

 

Eis algumas práticas que podem ajudar na economia de energia.

 

  • Desligar os aparelhos após o uso.
  • Manter as luzes apagadas em ambientes onde não estão.
  • Não deixar smartphones carregando além do necessário.

 

E sempre que possível, pedir a revisão dos equipamentos. Ao se conscientizar dos detalhes, o salão economiza mais, e lucra mais.

 

3 – Utilize opções econômicas para iluminação

 

Se uma das causas para o aumento no consumo é o uso da iluminação, a melhor forma de economizar é trocando por opções de acordo. Atualmente, isso é bem possível através das lâmpadas de LED e fluorescentes.

 

Além de durarem mais tempo que os modelos tradicionais, o seu consumo é menor. O que permite aos gestores do salão escolher as que melhor iluminam sem exageros no consumo. E se for possível, explore a iluminação natural do dia a dia, garantindo mais economia.

 

4 – Se usar Ar-condicionado, mantenha o ambiente fechado

 

Um dos charmes do salão de beleza e barbearias é a abertura arejada para qualquer um entrar. Contudo, não é raro encontrarmos opções mais fechadas, com uma climatização adequada do ar-condicionado. E não por acaso, o consumo pode ir nas alturas.

 

Para evitar os efeitos mais altos da conta de luz no salão de beleza, eduque profissionais e clientes a sempre manterem as portas fechadas. Quando não estão, o aparelho é forçado a gastar mais energia, o que aumenta os custos.

 

Ao final, são dicas mais simples e diretas, que estão relacionadas com a percepção e educação com o ambiente de trabalho. Tenha essas noções, tal como teria em sua própria casa, e o salão terá um melhor custo de manutenção. Até a próxima!

TAGS: administração | dicas | dicas para salão | economia | economia de eletricidade | salão de beleza |

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *