Como montar sala de esterilização de podologia

Aprenda como montar sala de esterilização em podologia com a Graces!

Você sabe como montar uma sala de esterilização de podologia? Para quem deseja uma área de estética completa no salão, precisa se atentar com detalhes cada vez mais precisos. Para este caso em específico, além de ter uma sala própria para o processo, existem outros pontos que devem ser levados em conta para a segurança tanto da profissional responsável, como pela cliente.

Vamos te mostrar todos os pontos importantes para montar uma sala de esterilização de podologia no seu salão. A ideia é perfeita para quem deseja expandir o salão de beleza para algo mais amplo e complexo, o que exige uma série de adaptações.

Como montar uma sala de esterilização de podologia

Basicamente, a montagem deve levar em conta os seguintes pontos.

  • Alvará de funcionamento e cobertura do CNPJ
  • Equipamentos necessários
  • Planejamento da sala
  • Prazo para montagem e abertura

Assim fica bem mais de fácil de organizar, certo? Vamos aos detalhes.

Alvará de funcionamento e cobertura do CNPJ

Seja uma sala de esterilização de podologia, ou uma clínica completa, o segmento não deixa de possuir suas regulamentações e detalhes fundamentais para funcionamento. Se o seu CNPJ não cobre isso, a primeira coisa a se fazer, junto ao restante do processo de planejamento, é atualizá-lo, assim como seu alvará.

Esses processos costumam levar um pouco mais de tempo, mesmo que seu salão já esteja em funcionamento. Então, uma vez que já tenha definido suas atividades, basta ir na sua junta comercial para atualizar tudo.

Equipamentos necessários

Um dos passos fundamentais na sala de esterilização de podologia é justamente os aparelhos de trabalho. Para começar, tenha uma sala própria para execução do trabalho: além de tornar o ambiente mais organizado, você preza pela segurança e qualidade do atendimento.

Aqui, você pode incluir todas as ferramentas de trabalho comuns para o podólogo, como bisturis, curetas, toalhas descartáveis, entre outros, como todo o equipamento de segurança e esterilização, que vai desde uma pia para lavar as mãos, até prateleiras retráteis, para facilitar o manuseio de todos os materiais.

Planejamento da sala

Outro ponto fundamental. De preferência, pense em uma sala grande o suficiente para tanto o profissional, como a cliente, sintam-se confortáveis de estar. Isso, junto ao espaço dedicado para os aparelhos, pede que tenha um padrão mínimo para a sala;

Para facilitar as referências, considere uma sala de no mínimo 30 m², com tamanho suficiente para começar suas atividades.

Prazo para montagem e abertura

Por fim, com tudo planejado, estabeleça um prazo de trabalho para entrega da sala de esterilização de podologia. O intuito é realizar o melhor trabalho possível, mas não deixa de ser uma obra, ainda que de baixo impacto. Contudo, por ser uma obra, causa seus transtornos e mudança no ambiente de trabalho.

Montar uma sala de esterilização de podologia pode trazer diversas vantagens para o seu negócio, se bem planejada e considerando todos os detalhes relativos. Você pode conferir outras dicas valiosas para o segmento aqui mesmo na Graces. Até a próxima!

Nos acompanhe

Quer receber mais novidades ?

Preencha os campos abaixo e receba tudo em primeira mão.