Meu salão corre risco de fechar. O que fazer?

Todo negócio pode encontrar o seu período de maior baixa, e em alguns casos pode mesmo encerrar suas atividades. Se você acha que o seu salão corre risco de fechar, primeiro é importante saber os pontos que levaram a essa preocupação, e o que é necessário para reerguê-lo.

Contudo, de antemão, já adiantamos: não existem fórmulas mágicas. O que existe são análises honestas do trabalho, observar a movimentação do mercado, e mais do que tudo isso, saber o que você de fato pode estar fazendo que levou a esse ponto.

Vejamos como analisar e entender essa situação. Se seu salão corre risco de fechar, vamos garantir que haja uma possibilidade de levantá-lo.

Confira se não está cometendo alguns erros

O que determina o sucesso de um salão de beleza, geralmente, é o seu giro de clientes. O primeiro sinal de que ele não está indo bem é justamente esse, mas existem outros pormenores aí que valem sua atenção. Hora de observar os mais comuns.

Informalidade no atendimento ou na gestão

Isso acontece principalmente com as primeiras experiências no salão de beleza, quando nenhuma experiência ou referências prévias. Tão importante quanto ser uma boa cabeleireira, manicure, ou qualquer outra profissional do tipo, é ser um gestor também.

Ao assumir toda a administração do local ou os problemas vindos com a falta de gestão, o que inclui não apenas o atendimento, mas finanças, estoque, e outros pontos, virão com o passar do tempo. A melhor solução aqui vem antes mesmo de abrir o salão, estudando bem sobre empreendedorismo e gestão de negócios.

Descontrole de despesas

Isso pode acontecer nos grandes e nos pequenos salões. Pode ser por um investimento além do orçamento em uma linha de produtos, ou por ter tido mais despesas que o esperado no mês e o capital de giro não foi o suficiente.

Em todo o caso, é perigoso quando há um descontrole de despesas, pois antes mesmo de haver uma recuperação, é preciso reorganizar esses gastos, e qual o plano para recuperá-los. Analise cada um dos setores que levam a despesas no salão (limpeza, manutenção, energia, internet, produtos, entre outros), para saber onde está o problema.

O que fazer nesses casos?

Dentro do que levantamos até aqui, fica um pouco mais claro quais atitudes devem ser tomadas, certo? Em primeiro lugar, é importante ter um plano de ação para esse cenário. Enquanto trabalha o principal problema envolvendo o salão, ter ações que possam trazer de volta aquelas clientes, ou mesmo angariar novas, é fundamental.

Porém, mais importante do que qualquer atitude necessária, é passar a mesma confiança a suas clientes como se não houvesse uma situação complicada dessa forma. Segurança e confiança nos serviços prestados fazem toda diferença nessas horas, então cuide bem dessa parte. Se o seu salão corre risco de fechar, é o grande momento para colocar sua criatividade à prova. Até a próxima!

Nos acompanhe

Quer receber mais novidades ?

Preencha os campos abaixo e receba tudo em primeira mão.