8 passos para tirar seu salão das dívidas

Tirar seu salão das dívidas pode parecer uma tarefa difícil, mas hoje estamos aqui para lhe apresentar as estratégias corretas para fazer com que isso se torne uma realidade.

Prossiga a leitura e conheça dicas valiosas.

Aumente sua receita

Você precisa de dinheiro para pagar as dívidas e para isso, é necessário aumentar a receita.

Aqui, diversas técnicas podem ser aplicadas em seu negócio, como a criação de promoções para gerar o interesse do público.

Por outro lado, há a possibilidade de aumentar o preço dos produtos ou serviços já oferecidos.

Mas, note que para aumentar a receita é fundamental que você use boas estratégias.

Para tirar seu salão das dívidas, não basta aumentar o preço dos produtos do dia para a noite porque certamente isso fará com que o cliente fique assustado.

Sendo assim, é importante que ele veja o valor dos seus produtos para que futuramente pague por preços mais altos.

Isso ocorre quando o cliente entende que determinado produto oferecido pelo salão, supre as suas necessidades.

Incentive o pagamento antecipado

Você sabe que as dívidas crescem a cada dia, por isso, precisa encontrar uma forma de aumentar a receita rapidamente.

No entanto, imagine que as estratégias aplicadas acima tenham dado certo e as vendas subiram 30%.

Apesar disso, todos os pagamentos foram feitos no cartão de crédito e o valor é recebido somente em 30 dias.

Aqui, é importante que você tenha cuidado com formas de pagamento a longo prazo e defina o tempo máximo que você está disposto a esperar para receber.

Portanto, para tirar seu salão das dívidas incentive o pagamento à vista ou o pagamento recorrente a fim de garantir o recebimento da quantia em determinado dia do mês.

E caso já tenha feito várias vendas a prazo, basta que você opte pela alternativa de antecipação de recebíveis.

Assim, é possível adiantar o recebimento de vendas feitas no cartão, carnê ou cheque.

Além disso, use um sistema de gestão para entender quais clientes costumam pagar em atraso.

Com um sistema, você também terá maior facilidade para rastrear os inadimplentes, além de entrar em contato com eles para lembrá-los do pagamento.

Reduza os custos 

Além de receber mais dinheiro com estratégias de aumento de receita, você deve priorizar a economia para diminuir os gastos.

Quando um salão tem dívidas, é importante garantir que está gastando somente com coisas absolutamente necessárias.

Para isso, analise minuciosamente o que realmente precisa e identifique aquilo que pode ser cortado do orçamento a fim de economizar dinheiro.

Sendo assim, há duas formas de cortar despesas comerciais para tirar seu salão das dívidas:

É possível fazer cortes pequenos como incentivar a economia de água e luz, além de cortar decorações do salão.

Mas, também é possível fazer um corte único grande como dispensar um colaborador.

Dependendo de quanta dívida você tem, pode ser preciso fazer uma combinação de ambos.

Identifique a causa do endividamento para tirar seu salão das dívidas

Inadimplência, queda nas vendas ou investimentos que não deram retorno esperado podem ser algumas causas do problema.

E você precisa saber onde tudo começou para que o mesmo erro não se repita.

Por exemplo, ao identificar que o investimento em determinado produto não rendeu o lucro que você imaginava neste final de ano, pode investir em outra estratégia no próximo ano.

Inclusive, entender a causa do endividamento ajuda a definir a melhor estratégia para quitar a dívida atual.

Quanto da dívida pode ser paga por mês?

Você sabe que para que sua empresa sobreviva, há um custo mínimo necessário.

Isto é, de nada adianta pegar 90% da receita para pagamento de dívida rapidamente, se é preciso ter 20% para manter o negócio de pé.

Quando você tenta quitar as dívidas a todo o custo sem usar estratégia, vira tudo uma bola de neve!

Portanto, saiba o valor exato dos seus custos e despesas, tal como garanta que você tenha o valor, ao mesmo tempo em que paga as dívidas.

Saiba priorizar para tirar seu salão das dívidas

Caso o seu salão de beleza tenha se afundado em várias dívidas, o primeiro passo é determinar aquelas que são críticas e que podem destruir seu negócio.

Por exemplo, algumas dívidas afetam diretamente as relações comerciais porque quando você não paga determinada conta, pode ter problemas com seus fornecedores.

Como resultado, você perde a capacidade de fazer compras futuras com eles e isso deve ser evitado ao máximo.

Este é um exemplo de dívida que deve ser priorizada, assim como uma dívida com taxa de juros alta.

Pense em uma empresa que solicitou um empréstimo com garantia de imóvel durante a pandemia, porém infelizmente não conseguiu efetuar o pagamento de todas as parcelas.

As taxas de juros do empréstimo são altíssimas e além disso, o dono do negócio corre o risco de perder seu bem.

Neste caso, para tirar seu salão das dívidas é necessário priorizar o empréstimo.

Faça negociações

Muitos donos de negócio perdem dinheiro porque imaginam que não podem fazer acordo com os credores.

Nesse sentido, aceitam qualquer tipo de negociação para se verem livres da dívida.

Mas, de nada adianta tentar pagar uma dívida e obter uma ainda maior.

Portanto, peça por taxas de juros mais baixas, pagamentos mínimos menores ou um plano de pagamento estendido.

Tenha sempre em mente que o credor não quer que seu negócio vá à falência porque se isso acontecer, a dívida nunca será paga.

À vista disso, a empresa para a qual você deve sabe que é mais vantajoso trabalhar com você, inclusive por meio de negociações.

Você pode se surpreender com o que eles estão dispostos a fazer, basta ter uma boa conversa e apresentar alternativas que sejam vantajosas em ambos os casos.

Inclusive, lembre-se dos passos anteriores.

Você sabe o valor máximo que pode ser comprometido com pagamento de dívidas mensalmente e isso deve ser apresentado ao credor.

Se as dívidas forem muitas, opte pela consolidação para tirar seu salão das dívidas

Quando falamos sobre dívidas, a estratégia de consolidar é comum porque permite que você transforme várias dívidas em uma.

Neste caso, o dono do negócio solicita um empréstimo que cubra todas as suas dívidas, a fim de quitá-las e prosseguir somente com uma única parcela mensal.

Mas, ter uma dívida com um único pagamento não é o objetivo de fazer a consolidação.

É fundamental que a estratégia garanta melhores condições que as outras dívidas combinadas.

Ou seja, consolidar para tirar seu salão das dívidas vale a pena somente se você se beneficiar pagando menos juros em geral e obtendo prazos maiores.

Nos acompanhe

Quer receber mais novidades ?

Preencha os campos abaixo e receba tudo em primeira mão.