LGPD para negócios de beleza

lgpd-negocios-de-beleza-graces

A LGPD ou Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais tem por objetivo promover a proteção ao cidadão, através de algumas normas e prática. Nesse sentido, nos acompanhe neste conteúdo para saber mais informações sobre a lei e como é possível implementá-la em seu negócio de beleza.

O que é a LGPD?

Antes de mencionar mais detalhes sobre a lei, é interessante que você saiba o seguinte:

Os dados pessoais representam qualquer tipo de informação que permite identificar uma pessoa de maneira indireta ou direta.

Dentre estes dados, cabe mencionar documentos como o RG ou CPF, telefone, endereço residencial, data e local de nascimento, localização via GPS, endereço de IP, histórico de pagamentos, dentre outros.

Até mesmo as informações que você obtém e estão relacionadas aos hábitos de compra do cliente, preferências de lazer e renda, se encaixam na ideia de dado pessoal.

Portanto, quando você pesquisa mais acerca da LGPD, é possível conferir inicialmente o que são os dados.

E de acordo com a lei, independentemente se a organização ou o centro de dados da empresa esteja no Brasil ou no exterior, caso ocorra o processamento de conteúdos de pessoas que residem no Brasil, é necessário seguir as normas.

E agora, deixe-nos citar algumas dicas para implementar a lei em seu salão de beleza.

Autorização do cliente

Um dos pontos fundamentais é o consentimento do cliente para divulgar qualquer tipo de avaliação.

Nesse sentido, entenda que a LGPD e o consentimento não se aplicam somente para a avaliação de serviços.

Qualquer estratégia que inclua o consumidor, é necessário que seja autorizada por ele.

E isso ocorre porque a autorização é específica para cada finalidade de uso.

Por exemplo, você precisa pedir permissão para enviar e-mails diários para os clientes.

Condutas vedadas

Além de solicitar o consentimento do consumidor, você precisa ficar atento às condutas vedadas.

Provavelmente você já recebeu e-mails de uma empresa que não conhece.

Isso ocorre porque esta empresa compra listas de e-mails com negócios maiores, a fim de divulgar seus produtos.

Ou seja, os e-mails são enviados sem nenhum tipo de consentimento, o que torna a prática ilegal conforme a LGPD. Por isso, é fundamental evitar este tipo de conduta.

Sistema de gestão

E por fim, tenha em mente investir em um sistema de gestão para armazenar todos os dados de seus clientes.

À vista disso, o investimento em bancos de dados digitais é uma estratégia muito interessante porque tudo é protegido por criptografia.

Desse modo, você evita que criminosos acessem os dados dos seus consumidores e os causem danos.

E vale ressaltar que investindo nestas estratégias, você evita penalidades como a multa de 2% sobre o faturamento da sua empresa.

O sistema Graces já segue a Lei Geral de Proteção de Dados, respeitando a privacidade de todos os dados possuídos.

Dos dias 09 a 15 de março realizaremos a “Semana LGPD” que explicará a lei em mais detalhes para o seu negócio de Beleza.

Na segunda-feira dia 15, finalizaremos a “Semana LGPD” com uma live com a Dra Renata Camargo, especialista em especialista em Lei Geral de Proteção de Dados, que tirará todas as dúvidas sobre LGPD.

Você não pode perder!

Nos acompanhe

Quer receber mais novidades ?

Preencha os campos abaixo e receba tudo em primeira mão.