Recrutamento nas redes sociais – Saiba como fazer corretamente

O número e variedade de pessoas que usam as mídias aumentou. Hoje não só pessoas comuns compartilham suas fotos preferidas no Instagram, como também empresas divulgam produtos e serviços, profissionais procuram emprego e gerentes de RH buscam por novos talentos usando as estratégias de recrutamento nas redes sociais.

As possibilidades são infinitas e este tipo de técnica é interessante porque facilita o trabalho do recrutador.

Certamente, as mídias representam uma das formas mais fáceis e rápidas de alcançar a audiência desejada.

Isso porque o seu salão de beleza já está presente no Facebook ou Insta divulgando os serviços e produtos.

Assim, acrescentar um conteúdo novo para atrair bons candidatos a uma vaga de emprego, pode ser incorporado facilmente.

Benefícios do recrutamento nas redes sociais

Em primeiro lugar, este tipo de técnica é importante porque ajuda você a identificar que tipo de pessoa o candidato é quando ninguém está olhando e quais são os principais assuntos que o interessam.

Logo, se as atitudes e assuntos não estiverem alinhados aos valores do seu salão de beleza, provavelmente a desclassificação é certa.

Por meio das redes, você entende se o candidato usa palavras de baixo calão, gosta de assuntos polêmicos ou incentiva discussões desrespeitosas no ambiente digital.

Além disso, você pode verificar se ele faz apologia a drogas, sexo ou álcool.

Todas estas informações são decisivas na hora de eliminar um candidato, afinal você quer que os valores da sua empresa sejam respeitados e inclusive, precisa cuidar da sua imagem.

Por outro lado, o recrutamento nas redes sociais faz com que não seja necessário pedir referências.

Foi o tempo em que a empresa pedia para o candidato indicar alguém que desse referências sobre ele.

Por meio das mídias, você sabe quem realmente está contratando.

Além disso, entenda que os profissionais estão cientes de que excelentes oportunidades são encontradas na internet.

Dessa forma, eles têm acesso a dados como o do estudo que descobriu que 122 milhões de pessoas receberam uma entrevista através do LinkedIn, tendo 35,5 milhões sido contratadas por uma pessoa com quem se ligaram no site, por isso, eles buscam por oportunidades na internet.

Com o recrutamento nas redes sociais, você encontrará profissionais perfeitamente habilitados.

E isso faz com que a taxa de rotatividade diminua, tendo em vista que colaboradores contratados por meio do LinkedIn têm 40% menos probabilidade de deixar a empresa nos primeiros 6 meses, saiba mais aqui.

Como estruturar a postagem

Inicialmente, é importante que você considere o seguinte:

Não é porque este é o anúncio de uma vaga de emprego que precisa ser entediante.

Sendo assim, priorize a estrutura de um post que seja autêntico, envolvente e informativo.

Aqui, há alguns elementos indispensáveis, ao mesmo tempo em que você pode adicionar outros elementos para destacar ainda mais a postagem de recrutamento nas redes sociais.

Por exemplo, um ponto fundamental é que você realce qual é a finalidade do post.

Já na primeira linha, é preciso informar imediatamente às pessoas o que elas estão lendo.

Assim, você evita que outras distrações das redes afetem o desempenho da sua postagem.

Neste caso, você pode começar com “trabalhe conosco” ou “estamos contratando”.

Em seguida, defina para qual cargo a vaga está disponível e se forem mais de uma, deixe isso claro.

Demais passos para recrutamento nas redes sociais

Depois disso, é possível adicionar as informações voltadas à remuneração e benefícios.

Assim como é importante anunciar um produto ou serviço e informar o preço de forma clara para evitar que o cliente perca o interesse, o mesmo deve ser feito no recrutamento.

Dessa forma, deixe claro o que os novos colaboradores receberão pelo seu serviço, incluindo o salário real e exemplos dos benefícios mais atraentes.

Aqui, também há um ponto essencial: não faça uma descrição “competitiva” prometendo um salário que não será pago ao profissional.

Ao mesmo tempo, é essencial detalhar o que você gostaria que o funcionário oferecesse e as habilidades principais.

Ou seja, acrescente quais são os requisitos principais para ocupar determinada posição.

E como último passo para recrutamento nas redes sociais, coloque a famosa “call to action” ou chamada para ação.

Para isso, adicione todas as informações sobre as etapas que a pessoa precisa passar para se candidatar a vaga, como o envio das informações por meio de um formulário ou currículo.

Da mesma forma, determine um prazo e informe que o período para se candidatar será encerrado mais cedo se forem enviadas inscrições suficientes.

Tudo isso causa senso de urgência.

Exemplo de recrutamento nas redes sociais

“Venha e junte-se à nossa equipe! Estamos contratando cabeleireiros.

O nosso salão está passando por um período de crescimento e gostaríamos que você fizesse parte dessa evolução!

Cada vez mais são desenvolvidas tecnologias para todas as curvaturas de cabelo e as mais variadas necessidades, desde problemas e características comuns como quebra, frizz e ressecamento, até especificidades como o envelhecimento capilar, perda de densidade e couro cabeludo.

Adoraríamos conhecer cabeleireiros que sejam referências na área de tratamento capilar. O salário é de R $5 mil + comissões.

Caso seja um profissional da área e tenha interesse, clique no link abaixo e preencha o formulário agora mesmo. As inscrições encerram em 1º de fevereiro”.

Embora pareça complicado estruturar um post para recrutamento nas redes sociais, quando você adiciona as informações principais que mencionamos acima (finalidade, cargo, remuneração, requisitos e a chamada para ação), não tem erro!

E para tornar a postagem ainda mais atraente, você pode adicionar imagens ou talvez gravar um vídeo falando o texto acima.

Dica final

Por fim, é essencial otimizar o perfil da sua empresa no LinkedIn.

Esta é a principal rede em que você se conecta com profissionais na esfera digital.

Inclusive, considere o aspecto de “networking” da plataforma.

Dessa forma, saiba que faz parte do processo de recrutamento nas redes sociais, juntar-se a grupos em que é possível encontrar profissionais à procura de emprego.

Provavelmente, os membros dos grupos se sentirão mais à vontade em se conectar com sua marca, tendo em vista que se mostra ativa no setor.

Conclusão

Você pode e deve mostrar a personalidade da sua empresa ou da função específica para a qual está contratando.

Por isso, não tenha medo de fazer uma postagem divertida, inclusive para se destacar entre os salões que também estão trabalhando com o recrutamento nas redes sociais.

Bem como, saiba que você precisa priorizar a estratégia para que ela funcione.

Não basta simplesmente criar o perfil no LinkedIn e acessar 1 vez na semana para encontrar bons candidatos.

Empenhe-se na estratégia e você terá ótimos resultados.

Nos acompanhe

Quer receber mais novidades ?

Preencha os campos abaixo e receba tudo em primeira mão.