Aprenda a lidar com o fluxo de caixa para salão de beleza com a Graces!

4 Dicas para fluxo de caixa para salão de beleza

  • 14 de setembro de 2020
  • Vendas

O fluxo de caixa para salão de beleza funciona de uma forma um pouquinho diferente em relação aos demais tipos de negócios em pontos comerciais. Enquanto o comércio e segmentos como restaurantes operam com altos faturamentos por conta do fluxo de clientes, os salões de beleza contam mais com o ticket médio nessa área.

O giro de público também é fundamental em salões de beleza, afinal quanto mais pessoas atender, melhores os ganhos no fim do mês, especialmente se sua equipe trabalha com o aluguel de cadeiras. Contudo, o sucesso do fluxo de caixa para salão de beleza está mais relacionado a outros fatores.

Dicas essenciais para fluxo de caixa para salão de beleza

Abaixo, vamos oferecer algumas dicas valiosas para dar ao seu salão de beleza melhores faturamentos.

1 – O fluxo de caixa deve ser conferido diariamente

Se você não quer surpresas no orçamento, faça análises diárias de fluxo de caixa diariamente. Dessa maneira, você identifica os ganhos e gastos de forma mais direta, e os levantamentos a médio e longo prazo ficam mais fáceis de mensurar.

2 – Atenção no estoque

Fluxo de caixa e estoque tem uma relação quase de irmãos. Enquanto o segundo está relacionado a vendas diretas e o uso dentro do salão, o primeiro avalia esses mesmos produtos em valores.

Em resumo, o estoque vai te ajudar a responder algumas perguntas relacionadas ao tempo em que se utiliza os produtos internamente, e quanto tempo leva para os produtos saírem da loja, quando há vendas.


3 – Separe os tipos de gastos

Outro fator muito importante no fluxo de caixa para salão de beleza é a separação dos gastos dentro do salão. Uma coisa é avaliar quanto dinheiro entra por todos os serviços prestados, e produtos vendidos quando existem a opção. Outra coisa é saber quais são as despesas frequentes no salão, e qual o capital de giro necessário para mantê-las.
Quanto melhor souber quais valores são necessários para cada despesa, a sensação de que não está faturando o suficiente diminuirá. Aliás, se você tem essa sensação no salão de beleza, de que precisa vender mais e mais “senão a conta não fecha”, é sinal de descontrole no fluxo de caixa.

4 – Otimize processos de fluxo de caixa

Se a dica acima te pegou, tem uma saída bem fácil para acertar o seu fluxo de caixa para salão de beleza. Nosso software tem uma área voltada especificamente para essas funções que ajudam a gerenciar seu salão de forma mais eficiente, e principalmente mais organizada.

Como a intenção é justamente tornar os ganhos mais fáceis, para que sejam melhores, a tecnologia pode ser o melhor aliado.

Não deixe de conferir outras dicas importantes não apenas para o fluxo de caixa para salão de beleza, mas para todo seu negócio. Nós, da Graces, estamos sempre trazendo novidades valiosas para que seu empreendimento esteja no melhor estado. Até a próxima!

TAGS: finanças para o salão | fluxo de caixa | montar salão de beleza |

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como posso ajudá-lo?