Reduzir gastos no salão – 6 Dicas

6 Dicas de como reduzir gastos no seu salão

Como reduzir gastos no salão de beleza?

De modo geral, a redução de custos é possível quando você se torna capaz de identificar quais são os gastos essenciais e quais os não estratégicos.

Os essenciais são aqueles que estão relacionados diretamente com seus produtos e serviços, por isso, são fundamentais para o funcionamento do salão.

Mas, os gastos não estratégicos são aqueles voltados para métodos que não se mostram rentáveis para o seu negócio, por isso, devem ser cortados.

Por que devo ter cuidado ao reduzir gastos no salão?

Quando este é o tema, é fundamental que você busque pelo equilíbrio, pagando as despesas e mantendo a uma boa margem de lucro.

Como resultado, o investimento para o futuro do seu negócio é garantido, assim como é possível guardar uma quantia para os imprevistos.

No entanto, é necessário ter muito cuidado com a redução de custos, levando em consideração os produtos, por exemplo.

Vamos supor que você opte por um produto mais barato para fazer a selagem no cabelo dos seus clientes.

Porém, o tratamento para a reconstrução dos fios não tem o mesmo resultado que a clientela está acostumada, justamente por conta do uso de um produto inferior.

Logo, a fidelização dos clientes pode ser abalada, fazendo com que a estratégia de reduzir gastos no salão, não tenha efeito positivo.

Ao mesmo tempo, se você optar por restringir o investimento de dinheiro no atendimento, isso pode gerar insatisfação do consumidor.

Sendo assim, a redução de custos deve ser feita de forma cuidadosa, ao seguir os seguintes passos:

Conheça os gastos do seu salão

Embora o primeiro passo seja o mais complicado, saiba que também é o mais importante.

Por isso, use um papel e caneta, ou até mesmo faça uma planilha com todas as despesas do seu salão.

Pense nos custos fixos, tais como pagamento de salários dos colaboradores, contas de água, luz, energia e internet, além do aluguel e compra de produtos.

Por outro lado, considere os custos variáveis como a mão de obra temporária, manutenção e equipamentos, ou a compra de embalagens.

Como dito acima, este é o passo mais complicado porque você deve listar cada um dos custos para entender o valor que precisa a fim de manter o salão.

Reduzir gastos no salão – Entenda quais os custos estratégicos

Após listar todos os custos, é possível agir de maneira mais assertiva no planejamento.

Podemos trazer como exemplo, o aluguel do seu espaço.

Embora seja um gasto indispensável, isso não significa que seja estratégico.

Os custos estratégicos representam uma vantagem competitiva para o seu salão.

Por exemplo, o investimento em marketing digital e a implementação de novas tecnologias, são gastos estratégicos.

Este tipo de despesa apresenta um retorno e agrega valor a sua empresa, por isso são importantes.

Corte custos não estratégicos

Pensando nas despesas essenciais como contas ou aluguel, considere o seguinte a fim de reduzir gastos no salão:

Talvez seja uma boa ideia procurar por um novo local com o valor acessível?

Até mesmo com relação às contas, você pode economizar.

Provavelmente você já ouviu falar de um conhecido que recebeu desconto no seu plano de celular porque ligou para uma operadora afirmando que trocaria para outra que tinha um valor mais acessível.

O mesmo vale para o serviço de internet que você contratou em seu salão.

Quanto aos demais custos, você precisa identificar aqueles que não são estratégicos.

Por exemplo, caso seja comum em seu salão investir na mesma estratégia de final de ano e ter resultados abaixo do esperado, este é um gasto não estratégico.

Neste caso, a melhor solução seria cortar esse tipo de custo.

Sendo assim, note que no caso dos gastos essenciais, é interessante buscar pela diminuição gradativa.

Ao mesmo tempo, os gastos não estratégicos devem ser cortados por completo.

Reduzir gastos no salão – Negocie com os fornecedores

Uma estratégia para reduzir as despesas sem comprometer a qualidade do serviço prestado seria entrar em contato com seu fornecedor em busca de uma promoção para a compra dos produtos.

Além de fortalecer os laços com o fornecedor, você sai na frente da concorrência ao comprar ótimos produtos por um valor acessível.

Certo, mas o que devo fazer caso meu fornecedor não queira fazer um negócio vantajoso?

Você sempre tem a opção de buscar por novos fornecedores!

Contudo, tendo em vista que este é um trabalho que leva tempo, faça a busca por novos fornecedores com paciência e analise bem se vale a pena realizar a troca.

Não negligencie a manutenção dos equipamentos

É impossível reduzir gastos no salão se todos os meses você precisa comprar um novo equipamento ou móvel porque o antigo quebrou.

O secador, por exemplo, costuma ser o utensílio mais negligenciado das limpezas ocasionais.

Apesar disso, a higienização do aparelho é essencial quando falamos sobre a saúde dos fios.

Bem como as demais ferramentas de calor, o secador tende a acumular bactérias e poeira, que são depositadas diretamente nos fios do cliente quando o aparelho é ligado.

Inclusive, o jato de ar espalha os micro-organismos por todo o ambiente.

Vale destacar que o ar quente não é capaz de matar as bactérias, tendo em vista que a temperatura máxima não esteriliza seu interior.

Ou seja, um equipamento sem manutenção afeta diretamente seus clientes e é claro, o faturamento do seu salão, pois a durabilidade diminui.

Reduzir gastos no salão – Conscientize sua equipe

A redução de gastos não pode ser uma decisão isolada.

Como resultado, você tem o dever de manter a equipe consciente e unida com relação à importância em manter as contas equilibradas.

Ao mesmo tempo, é fundamental valorizar os seus colaboradores.

Embora este pareça ser um papo repetitivo, é essencial garantir um espaço de trabalho saudável, seja físico ou mentalmente porque a rotatividade não oferece vantagens.

Você já pensou no custo da rotatividade?

Além de dinheiro, a rotatividade exige muito do seu tempo.

Por isso, sempre escute os colaboradores e invista em estratégias para aumentar a satisfação dos mesmos.

Conclusão

Gostaríamos que você notasse que as estratégias ou passos para reduzir gastos no salão não são extremamente complexos.

Nós estamos aqui para abordar os temas de forma simples a fim de que você de fato seja capaz de aplicar em seu salão.

Portanto, identifique a principal estratégia que mencionamos e comece a implementar hoje no seu negócio a fim de alcançar melhores resultados.

Há diversas formas de reduzir gastos no salão. Conheça as melhores estratégias para aplicar hoje em seu negócio!

Nos acompanhe

Quer receber mais novidades ?

Preencha os campos abaixo e receba tudo em primeira mão.