5 tipos de clientes em salões de beleza

Todo estabelecimento comercial tem seus tipos de clientes peculiares. Com os salões de beleza não é diferente, e mais do que engraçado em alguns pontos, é importante saber como diferenciar os mais comuns. Para um negócio bem sucedido, esse olhar atento traz possibilidades positivas, mesmo quando a melhor resposta for a não presença deles.

Para os gestores mais experientes, a identificação é bem clara, mas vamos mostrar alguns exemplos tanto para ajudar os menos desavisados, como mostrar algumas ideias de ação que os profissionais podem ter para garantir melhores retornos para o salão de beleza.

1 – O Usual

É o tipo de cliente mais comum em um salão de beleza. Vem praticamente nas mesmas épocas, pedem os mesmos cortes, não buscam nem mesmo alguma opinião diferenciada. Para esses casos, consistência é fundamental: ofereça o que ele deseja, com qualidade e sem rodeios. Muitos deles são a base do negócio, então garanta “o de sempre” muito bem feito.

2 – O “Falador”

Na verdade, é um termo mais educado para não usar o termo “fofoqueiro”. É um tipo de cliente tão comum quanto o usual, mas que enquanto passa o tempo de atendimento, os cabeleireiros acabam sabendo sobre muitos assuntos, relevantes ou não.

Por vezes, pode fazer perguntas inadequadas e/ou intransigentes para os profissionais. Nesses momentos, é importante que os profissionais tenham uma postura educada para não dar informações que não precisam, nem serem rudes com esse tipo de cliente. O ideal aqui é manter respostas curtas, sem maiores detalhes.

3 –  O Indeciso

O cliente indeciso está sempre em confusão com o que deseja. Ou, para ser mais específico, está em dúvidas sobre qual a melhor decisão, e não consegue decidir nem mesmo com as decisões dos profissionais. Esses casos podem ser um pouco mais complexos, mas paciência é fundamental. Entregue as opções mais conservadoras, para trazer mais segurança, e deixe a pessoa escolhendo aos poucos.

4 – O “Super amigo”

Depois do cliente usual, é um dos mais presentes no salão de beleza. São clientes mais íntimos, por assim dizer, que podem ser de fato amigos dos gestores e profissionais. Tem um ticket médio um pouco maior, passam um bom tempo no salão por que gostam do ambiente. Aqui, o discernimento do gestor é bem importante, para deixar quais pontos são favoráveis para o cliente.

5 – O Contestador

Podemos chamá-lo de crítico também. O cliente contestador é aquele que sempre questiona o que é oferecido pelo salão de beleza ou qualquer outro negócio, seja por querer o melhor serviço, seja para tirar alguma vantagem.

Cabe aos gestores saberem as motivações de um cliente do tipo, para que a resposta seja clara e justa. Não por acaso, uma boa resposta a esse ponto pode ser um ponto de partida para estabelecer uma ótima relação.

Existem outros tantos tipos de clientes em um salão de beleza. Não deixe de conferir nosso blog, para conferir outros tantos, e tornar o seu negócio ainda mais dinâmico. Até a próxima!

Nos acompanhe

Quer receber mais novidades ?

Preencha os campos abaixo e receba tudo em primeira mão.