Melhore a comunicação visual do seu salão

Não se deve julgar o conteúdo pela embalagem, mas também é necessário admitir que uma boa embalagem pode chamar a atenção para o produto e fazer toda diferença na hora de vender.

A mesma lógica se aplica a salões de beleza, que podem realizar um trabalho de qualidade, mas ao mesmo tempo podem cometer algum erro na hora de apresentar os seus serviços de forma visual. São em situações como essas que um bom trabalho de comunicação visual faz toda diferença.

A comunicação visual funciona como mistura de psicologia, arte, criatividade e bom senso, tudo com o objetivo de atrair os clientes. O visual é muito importante para uma marca ou empresa, pois ele funciona como porta de entrada para o público. A comunicação visual de uma empresa pode ser elaborada de duas formas: física, através da fachada do estabelecimento; ou digital, seguido uma série de padrões pré-estabelecidos para se criar um layout de um site ou blog, de forma que atraia os clientes que procuram pela empresa também na internet.

Tudo pode ser cogitado na hora de construir uma boa imagem, desde cores, formas, tamanhos e texturas, até mesmo a tipografia. Apesar dos padrões de beleza serem relativos para cada pessoa, existem certos padrões que são mais atrativos para a maioria das pessoas, e como comunicação visual não se trata apenas de aparência estética, é importante que a comunicação seja feita e transmita uma mensagem atrativa. Uma boa fachada ou layout é como um cartão de visita, é o primeiro contato que o cliente vai ter com a empresa e pode ser fundamental para garantir a preferência do cliente.

Antes de se estudar uma estratégia de comunicação visual, é importante ter em mente alguns objetivos específicos estabelecidos: Qual o seguimento do seu estabelecimento, se é focado em cabelo, em unha, em barba; A localização do salão, em uma comunicação visual física é importante ter a noção de espaço e do ambiente entorno do estabelecimento; O público-alvo, que pode variar entre idade, sexo e classe social; e por último a identidade visual desejada como um todo, o que a empresa quer transmitir com aquela imagem.

Considerando que a empresa já tem em mente os objetivos que deseja alcançar através da estratégia de comunicação visual, o primeiro item a ser colocado em prática é o nome do estabelecimento, que deve ter mais destaque que todos os outros itens, e deve ser simples e fácil de ser lembrado. A especialidade deve vir logo abaixo, de forma que o público já associe o nome do estabelecimento com o tipo de serviço que ali é oferecido.

As informações de contato também são essenciais, e deve estar estampada na fachada ou no site. As informações podem ser o telefone, o Whatsapp, o Instagram, o Facebook e outras mídias sociais disponíveis. No caso da fachada, vale incluir o site. Já no site, é bom colocar o endereço.

Uma dica importante, mas um pouco mais complexa é a criação de um logotipo, que assim como o nome do estabelecimento, o logo, ou logotipo, deve ser simples e fácil de lembrar. Tanto na internet, como na fachada, o logo deve estar sempre estampado próximo do nome da marca. Veja algumas dicas de como criar seu logo: Como criar um logo perfeito sem entender de design

A fachada dos estabelecimentos pode receber todo o tipo de alterações para melhor valorizar a comunicação visual e também a estética. Vitrines são um bom exemplo de como se estampar beleza e se transmitir uma mensagem ao mesmo tempo. Se vitrines forem uma opção na fachada de seu estabelecimento, deixe a imaginação fluir e com criatividade e informação, sempre dando preferência para destacar os serviços realizados no salão de acordo com a especialidade.

Quando o estabelecimento for em uma esquina, existe a possibilidade de uma vitrine dupla, que pode ser usada para estampar promoções e avisos sobre o estabelecimento, sem poluir a imagem da fachada principal.

Muitas vezes, ao invés de ter uma vitrine estampada, é interessante mostrar o salão funcionando por dentro através de uma tela de vidro, o que pode atrair ainda mais clientes. Mas para isso é necessário que exista uma harmonia entre a área externa e interna do salão, já que não adianta uma vitrine que esbanja elegância e modernidade, e o interior do salão ser de um estilo mais simples e vintage. O cliente que for atraído pelo ambiente externo, deve também se manter interessado na área interna. Vale lembrar que, apesar do público observar primeiro a área externa, é muito mais fácil montar a fachada baseado nos conceitos de estilo estabelecidos para área interna, pois a fachada exige menos detalhes, que podem ser facilmente adaptados aos conceitos da área interna.

O equilíbrio é muito importante também, pois se o local não apresentar uma imagem atrativa, dificilmente vai chamar a atenção de novos clientes. Entretanto, se a fachada for muito extravagante ou o site tiver muito conteúdo e chamar atenção demais, pode acabar dando a sensação de poluição visual, afastando assim os clientes. A mesma regra se aplica na área interna, que deve economizar com decorações exageradas e focar em um estilo mais discreto de ornamentação.

Outros detalhes são importantes, como a iluminação, que deve ser estabelecida para realçar todo o estilo do local. Barbearias com um estilo mais rústico, podem apostar em uma iluminação mais econômica. Já em salões de beleza mais modernos, apostam sempre em uma iluminação mais clara de forma que evidencie todo o interior e a limpeza do estabelecimento. Na área externa é interessante uma iluminação mais discreta, mas que evidencie o nome e o logo do salão. Um bom letreiro luminoso, em um ambiente escuro é uma ótima opção de iluminação externa noturna.  

As cores podem ser aplicadas para ajudar na comunicação visual, tanto na fachada como na internet. A coloração deve ser escolhida com cuidado e precisão com base na tabela de contraste, no gosto pessoal do empreendedor ou nos vários impactos visuais e psicológicos que cada cor apresenta. Cores escuras e acidentadas demonstram mais sofisticação, ao mesmo tempo que cores mais claras e frias, como o rosa, dão uma sensação de feminilidade.

A comunicação visual na internet segue quase todas etapas e recomendações da comunicação física, mas com impactos diferentes, pois um site, um blog ou uma página em uma mídia social pode chegar a qualquer pessoa que esteja conectada a internet e tudo com um baixo custo. Publicar um vídeo, uma foto ou uma informação é mais barato do que construir toda uma estrutura de fachada.

As facilidades da internet permitem também uma divulgação maior do site da empresa, por isso é importante manter o site e a página sempre atualizados e usar todas as possibilidades que as curtidas, comentários e compartilhamentos podem oferecer. Com um site bonito, comunicativo, atualizado e divulgado, basta confiar na capacidade dos profissionais do salão e aguardar pelo crescimento da empresa. Veja como construir um site: site para meu negócio

Para mais notícias, dicas e curiosidades sobre o mercado da beleza, fique atento ao nosso blog.

Nos acompanhe

Quer receber mais novidades ?

Preencha os campos abaixo e receba tudo em primeira mão.